EXAME PARASITOLÓGICO DE FEZES
Sinonimia
EPF, MIF, Protoparasitológico
Exames relacionados
Entamoeba hystolitica (ELISA), Giardia lamblia (ELISA), Pesquisa de Eosinófilos
Indicação médica
O exame é utilizado no diagnóstico das parasitoses intestinais.
Significado clínico
A investigação da presença de parasitas nas fezes é realizada pela pesquisa de ovos ou larvas de helmintos, e nas infecções por protozoários, ao se encontrarem cistos ou oocistos nas fezes.
O exame parasitológico de fezes frescas possui uma excelente especificidade. Entretanto, a sua sensibilidade só será adequada (95%) se forem solicitados exames de pelo menos três amostras de fezes em dias distintos. Portanto, um resultado negativo em uma única amostra não elimina a possibilidade de uma parasitose.
A positividade vai depender de diferentes fatores. O estágio da infecção, o ciclo do parasito, da eliminação intermitente de formas de resistências, da intensidade do parasitismo e o exame propriamente dito, que utiliza apenas uma pequena amostra de todo o material ofertado, são alguns dos fatores que interferem na possibilidade de o exame se revelar positivo. Além disso, algumas parasitoses necessitam de exames especiais para serem identificadas, como por exemplo o Enterobius vermicularis, sendo também o caso da investigação da presença de trofozoítas.
Preparo do paciente
Retirar os frascos e instruções de coleta no laboratório.
O paciente não deve estar em uso de laxantes ou ter sido submetido a contrastes radiológicos nos 3 dias anteriores à coleta.
Evitar e informar o uso de antiparasitários e antibióticos nas últimas 3 semanas.
Evitar e informar o uso de antidiarréicos e antiinflamatórios nas últimas 72 horas.
Tipo(s) de amostra
Fezes recentes
Método
Exame microscópico após enriquecimento pelos processos de sedimentação e centrifugação.
Valor(es) de referência
Helmintoscopia: Não foram observadas ovos e/ou larvas.
Protozooscopia: Não foram observados cistos e/ou formas vegetativas.
Interferências
Prazo de entrega
1 dia(s)

voltar